Irmãs Vicentinas de Gysegem

Fundadora

Fundadora

Elisabeth Marie Eugénie Josèphe de Robiano nasceu no Palácio dos Limpens, em Bruxelas, na Bélgica, em 25 de julho de 1773. De família nobre, recebeu o título de condessa. Era uma mulher muito expressiva, realizava atividades na igreja, e utilizou a educação recebida, suas virtudes pessoais, seus inúmeros relacionamentos e sua fortuna para criar uma instituição com a missão de atuar onde houvesse uma necessidade.

Aos 12 anos, Elizabeth de Robiano ficou órfã de pai e como filha mais velha se tornou o apoio da mãe e dos irmãos. De 1786 a 1789, estudou no Colégio das Irmãs Ursulinas em Tournai] onde completou seus estudos de História Natural e História da Igreja.

A 14 de maio de 1799, em Malines, casou-se com Charles Pierre, Barão Le Candèle de Gysegem. Desta união nasceram três filhas.

Em pouco tempo, a Caridade de Elizabeth Robiano espalhou-se em toda Gysegem. Em 1812, o marido de Elizabeth de Robiano, para facilitar os trabalhos da esposa no serviço aos doentes, fundou um hospital para socorrer os Pobres e enfermos e, mais tarde, um lar para idosos desamparados, mas nenhum destes projetos foi avante. O Bispo de Brouggie aconselhou Elizabeth Robiano a abrir uma escola para os Pobres da região.

E, 21 de janeiro de 1818 foi fundada a primeira escola, que recebeu o nome de "Casa das Fiandeiras" ou na língua do lugar, "spinhuis". Esta escola se tornou também a primeira Comunidade da Congregação das Irmãs de São Vicente de Paulo de Gysegem "Servas dos Pobres".

De 1828 a 1837, Elizabeth Robiano atravessou um período de luto na família. Morreram suas filhas Otávia e Paulina, sua mãe e seu marido. Além disso sofreu a perda de toda a sua fortuna e de seus bens.

Em 1840, Elisabeth foi morar em Postel com sua filha Elisa. Morreu em Tervuren, aos 8 de setembro de 1864.

Copyright © 2018 - Irmãs Vicentinas de Gysegem - Vídeos & Estratégias: TVJ | Design: William | Desenvolvimento: Global W.S.